Meus Poemas 111.

Salvador,Criação,

CUIDADO.

Jardim cuidado e verde,
Para dar flores todo o ano,
Cada flor que arrancada,
Ou planta mal tratada,
Todo o jardim sofre dano.

Merece grande cuidado,
Carinho e muito amor,
As plantas que dentro estão,
Se viverem juntas em união,
Deflectem ao mundo seu valor.

O cuidado deste jardim,
De quem deve ser então?
É meu e teu somente,
Pois temos a boa semente,
E o amor no coração.
Por: António Jesus Batalha.


Meus Poemas,Deus,

FOLHA.

Fui uma folha soprada,
Pela boca do vento,
Num riacho encalhada,
Na água em movimento.

Folha leve dobrada,
Pelas forças do mal,
Do riacho foi tirada,
Grande Amor divinal.

Folha que não lembrava,
De tão frágil sofrimento,
A vida que não buscava,
Trouxe  bom sentimento.
Por:António Jesus Batalha.


Jesus Cristo,Deus, Salvador,

DETERMINAÇÃO.

Senhor! Aquela determinação imperiosa,
Que não conhece, jamais uma derrota,
Semeia na minha alma!
Abrir-se-á, qual plenitude eterna,
Aurifulgente rota,
Atapetada de rosas de bondade,
Se esta prece atenderes,
Benfeitor! 

Riquezas não verei maiores,
E da alegria, no coro triunfal,
Cantarei, afinal.
E cumprirei com perfeição,
A missão gloriosa que me deste.
Por: António Jesus Batalha.