A Verdade Em Poesia.

A Verdade Em Poesia.: Meus Poemas 35.

Bíblia Sagrada na net, Deus,

POEMAS MAIS RECENTES. POEMAS MAIS ANTIGOS.
 Poesia

Meus Poemas 35.


Sonho, Jesus Cristo,Deus,Salvação, Criação,

CORRENTES.

Ouve as correntes que correm,
Duma triste e humilde fonte,
Em sombras que logo morrem,
Como nuvem no horizonte.

Quando a alva empalidece,
E o caminho te há ferido,
Ou o dia não resplandece,
E a graça como adormecido.

Sombrio assim o caminhar,
Em vale deserto e triste,
Leva o caminhante a pensar,
Porque a alegria e paz não existe?
Por: António Jesus Batalha.


A Verdade Em Poesia,Alegria,Perdidos, Meus Poemas,

CONSUMIDOR.

Manhã quente e radiante,
Admirei um pequeno colibri,
Esvoaçava entre ramo verdejante,
Numa planta linda que num instante,
Pode ser desfeita em cinzas mesmo ali.

Ouvem-se gritos além no horizonte,
Arde toda a planta e castanheiro,
Labaredas que descem pelo monte,
Insuficiente toda a água da fonte,
Torna-se tudo num braseiro,

Vem veloz em zumbido impaciente,
Trazendo em deposito água consigo,
Como que gritando saiam da frente,
Convidando ao redor toda a gente,
Venham defender as matas comigo.
Por: António Jesus Batalha.


Alegria,Perdidos, Meus Poemas,Poesia,Criação,

MANHÃ.

Numa manhã vi subir,
O sol que estrangulado,
Um cão magro a latir,
De tanto esfomeado.

Ouvi o grilo que cantava,
Sua canção matinal,
O homem que muito ralhava,
Sem lhe fazerem nenhum mal.

A rosa que tanto brilhava,
Expelindo o seu odor.
A abelha que por ali passava,
Tirando o pólen da flore.

De tanta beleza que eu vi,
Esta será a maior,
A glória de Deus em mim.
E no meu coração Seu amor.
Por: António Jesus Batalha.


"A Verdade Em Poesia,Alegria,Perdidos, Meus Poemas,Palavras, Sonho, Jesus Cristo,Deus, Salvador,Como o fumo, Paz,Poesia, Salvação, Criação,"