A Verdade Em Poesia.

A Verdade Em Poesia.: Meus Poemas 42.

Bíblia Sagrada na net, Deus,

POEMAS MAIS RECENTES. POEMAS MAIS ANTIGOS.
 Poesia

Meus Poemas 42.


A Verdade Em Poesia, Alegria, Como o fumo,

O LIVRO.

Livro glorioso cheio de amor,
As palavras contidas enchem o peito,
Como o astro rei em todo o seu calor,
Que quer inundar o ser com todo o jeito.

Como dinamite em força são as palavras,
No trato dos corações com carinho,
Em profundidade no peito lavras,
E guardas como ave seus filhos no ninho.

Palavra doce e fiel,que salva e cura,
Enche o coração triste de vera alegria,
Cria abundância, onde havia secura.

Enche o coração rude de eterna ternura,
Em vida velha, uma vida nova cria,
Enche-o de amor, e Santo Espírito satura.
Por:António Jesus Batalha.


 Palavras, Paz, Perdidos, Poesia, Salvação, Salvador, Sonho,

MEU IRMÃO.

Meu irmão quando murmuraste,
Angustia vil ao teu coração trouxe,
Tua vida deixou de ser doce,
Triste e amargo te tornaste.

Vem de forma arrependido,
Honra a verdade que te salvou,
Trazendo a luz que te iluminou,
O amor que para nós tão querido.

E pela murmuração foi ferido,
Só existe uma forma de voltar.
Vai arrependido aos pés da cruz,
Clama pelo perdão que dá Jesus,
E não voltes mais a murmurar.
Por: António Jesus Batalha.


A Verdade Em Poesia, Alegria,Meus Poemas,

SENTINELA.

Grita alerta o seu sentinela,
Num sentimento desesperado,
Acorrentado dentro da cela,
Esperando ser libertado.

Nesse sonho que não é meu,
E que se veste de irrealidade,
Acorda, como sopro desapareceu,
Sem deixar uma pequena saudade.

Ao abrir os olhos procuro a luz,
Como o rio caminha pró alto mar,
Num caminho sereno que conduz,
Como aura que devagar traz o luar.

Oh luz da verdade que te escondes,
E não brilhas no lugar do escuro,
Com Teu grande brilho não respondes,
O viver sem ti, torna-se muito duro.
Por:António Jesus Batalha.


"A Verdade Em Poesia, Alegria, Como o fumo, Criação, Deus, Jesus Cristo, Meus Poemas, Palavras, Paz, Perdidos, Poesia, Salvação, Salvador, Sonho,"